21°C 32°C
Xinguara, PA
Publicidade

Polícia Civil prende principal envolvido no quádruplo homicídio ocorrido em Marabá

Agentes o conduziram para a unidade policial para os procedimentos de praxe e ele já está à disposição da Justiça

23/12/2023 às 20h03
Por: André Silvestre Fonte: Agência Pará / Jeniffer Terra (PC)
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Estado do Pará (PCPA) prendeu, na noite desta sexta-feira (22), o principal suspeito de envolvimento nos quatro homicídios na cidade de Marabá, na quarta-feira (20). Outros dois envolvidos reagiram à ação policial e vieram à óbito em confronto.

As investigações para identificar e localizar os envolvidos iniciaram através de uma força-tarefa montada pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup). A cúpula da segurança estadual se deslocou ao município ainda na manhã de quinta-feira (21), e  acompanhour de perto as ações dos agentes que trabalhavam, junto aos agentes locais, para elucidar os fatos com a maior rapidez.

O secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado, que esteve no município de Marabá junto aos gestores das forças de segurança, afirmou que a resposta rápida na elucidação dos crimes é resultado do trabalho integrado realizado pelas forças de segurança desde o momento do crime. 

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

“Nós sempre trabalhamos com ações ostensivas e preventivas para coibir ações criminosas, entretanto quando elas ocorrem nós vamos atuar muito fortemente para reprimir, elucidar o caso e dar uma resposta para sociedade. Portanto, conseguimos, imediatamente, identificar os envolvidos e, ao localizá-los, efetuamos a prisão do principal responsável, que é líder de um grupo criminoso. Durante confronto, outros dois envolvidos vieram a óbito. Seguiremos com as investigações para apurar o envolvimento de outras pessoas e a população pode ter certeza de que estamos aptos para atuar em qualquer região do estado, reprimindo a violência e garantindo a paz social”, afirmou.

A ação da PCPA aconteceu através da Delegacia de Homicídios de Marabá, da Divisão de Homicídios (DH) de Belém, do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI) de Marabá, da Superintendência Regional do Sudeste do Pará e da Seccional Urbana de Marabá e teve apoio direto de equipes da Polícia Militar.

Na sexta-feira (22), os agentes localizaram os  suspeitos em um conjunto de quitinetes, no Núcleo São Félix. Durante a diligência, as equipes policiais foram recebidas com disparos de arma de fogo, havendo necessidade de utilização de força para conter a injusta agressão, ocasionando a morte de dois dos investigados e no ferimento do terceiro que foi socorrido para receber atendimento médico, e posteriormente efetuada a prisão do mesmo. 

“Os agentes da PCPA realizaram um excelente trabalho investigativo e puderam encontrar rapidamente a localização dos envolvidos no crime que gerou grande repercussão no estado. O trabalho integrado realizado com a Polícia Militar foi de fundamental importância para que pudéssemos dar uma resposta célere à sociedade marabaense. É dessa forma que a Polícia Civil do Estado do Pará trabalha, com eficácia e total empenho”, destacou o delegado-geral da Polícia Civil, Walter Resende.

No esconderijo dos criminosos foram encontradas várias porções de substâncias entorpecentes, anotações sobre o tráfico e balança de precisão. Além disso, a equipe fez a apreensão das duas armas de fogo que estavam sob a posse dos sujeitos e que foram utilizadas contra os agentes do Estado.

Entenda o crime: No dia 20 de dezembro, a equipe da Delegacia de Homicídios de Marabá foi acionada para apurar a morte de quatro homens no bairro da Paz, município de Marabá. As vítimas foram lesionadas na região da cabeça, indicando ato de execução. No local do crime, a perícia recolheu os estojos deflagrados das pistolas calibres .380 e 9mm. utilizadas no delito. Após o início das investigações, as equipes conseguiram averiguar que a motivação seria disputa entre criminosos.

O homem que foi capturado durante a intervenção policial seria o mandante dos homicídios das quatro vítimas, o qual recebeu voz de prisão em flagrante em razão da perseguição ininterrupta. Ele vai responder pelos crimes de homicídio qualificado, tentativa de homicídio contra os agentes de segurança pública, associação criminosa, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Os agentes o conduziram para a unidade policial para os procedimentos de praxe e ele já está à disposição da Justiça.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Xinguara, PA
21°
Tempo nublado

Mín. 21° Máx. 32°

22° Sensação
0.55km/h Vento
90% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h23 Nascer do sol
06h11 Pôr do sol
Qui 33° 24°
Sex 32° 22°
Sáb 30° 21°
Dom 30° 22°
Seg 31° 22°
Atualizado às 05h06
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,16 -0,06%
Euro
R$ 5,61 -0,07%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,37%
Bitcoin
R$ 370,769,97 -0,78%
Ibovespa
123,779,54 pts -0.58%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Anúncio